terça-feira, 31 de maio de 2016


//Há imensas regras que costumamos seguir todas as manhãs para nos vestirmos. Às vezes a regra é "vestir-me de preto", outras vezes a regra é não haver regras. É nas manhãs que não temos inspiração que mais dependemos nestas regras e, para mim, estas 3 regras de estilo estão sempre na minha mente. 

1- Pedir emprestado à familia. Mãe, pai, irmã já estão habituados às minhas habilidades para lhes roubar uma peça de roupa do armário sem darem por ela. Eu basicamente vivo no armário da minha mãe e uso tudo o que ela tem, quando quero algo mais clássico ou maxi vou ao armário do meu pai, ao da minha irmã vou quando quero uma t-shirt cool.

2- Vestir roupa vintage. Eu já escrevi uma publicação inteira sobre o meu amor por peças vintage. Vintage significa único, significa peças diferentes com histórias por trás, novos estilos que adaptamos à modernidade. É uma aventura eletrizante. 

3- Quando tudo falha, o batom vermelho é a solução. Eu adoro um bom batom vermelho, é clássico e audaz ao mesmo tempo e acaba sempre por revigorar um look mesmo quando não nos sentimos no melhor.

Estas são as minhas regras, quais são as vossas?

//There are many rules that we tend to follow in the morning when it's time to get dressed. Sometimes it's "wear all black", other times there are no rules. It's in the morning when we have no inspiration that we rely more on these rules, for me this 3 style rules are always in my mind. 

1- Borrow from your family. Mom, dad, sister their wardrobes are already used to my stealing stunts. I basically live in my mom's closet and I wear everything that she owns, when I want something more classic or oversized I go to my dad's, to my sister's closet I go for the cool t-shirts. 

2- Wear vintage. I've already written an entire post about my love for vintage clothing. Vintage means unique, means cool pieces with history behind them, means new styles to adapt to modernity. It's a thrilling adventure.

3- When everything is failing, red lipstick is the answer. I love red lipstick, it's classic and bold at the same time and it always freshens up a look even when I'm not feeling the best. 

These are my rules, what are yours?

M.
 

domingo, 29 de maio de 2016




Fotografias Guilherme Marques
Photography Guilherme Marques

//Mal pus os olhos na recentemente acabada sede da EDP, sabia que tinha que tirar fotos lá. Têm tudo o que eu gosto, imensa luz e sombras, arquitectura minimalista e janelas espelhadas e transparentes. 
Combinei com o Guilherme e decidimos explorar o edifício e passar uma tarde a tirar fotos. Este é o resultado, espero que gostem!
Quanto ao meu look, vesti umas calças largas pretas com um duster coat e o top à la Alexander Wang Spring 2014. Gosto de experimentar com peças mais cintadas em justaposição com peças maxi ou mais largas, o que acham? 

//Finally, the publication I've been teasing you with! When I saw the new EDP building, I just knew I had to take pictures there. It's everything I like, has a lot of light and shadows, the minimalist architecture and mirrored windows. 
I set it up with Guilherme and we decided to explore the building and spend an afternoon taking pictures. This is the final result, I hope you like it.
About the look, I love to mix styles, mainly when I mixed more fitted clothes with oversized ones, what do you think?

M.
 

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Fotografias Heaven Rose
Photography Heaven Rose

Comecei esta publicação não sabendo exactamente o que escrever. Tinha tantas ideias misturadas na minha cabeça, que não sabia bem por onde começar. Queria começar por falar deste vestido que encontrei no antigo armário da minha mãe e que adoro, acho que é perfeito para o verão, têm um ar muito Meryl Streep no filme "África Minha". Também queria falar da minha reunião com a Carolina do Heaven Rose, mais uma vez lembrar as fantásticas amizades que criei através do blog, tive tantas saudades dela! E finalmente, como adorei fotografar no Panteão Nacional de Lisboa e como as cores nas imagens estão tão suaves e quase parecem que se misturam.
Depois do feriado hoje já é dia de trabalho e por isso já tenho uma data de assuntos para tratar, boa sexta-feira e bom fim de semana! 
//
I started this post not knowing exactly what I wanted to say, there were so many scrambled thoughts in my head. I wanted to talk about how I found this dress in my mother's old closet and I just loved it,  I think it's perfect for the summer, it has a lovely Meryl Streep in "Out of Africa" vibe to it. I also wanted to talk about my reunion with Carolina from Heaven Rose, in which once again I recall the wonderful friendships we create in the blogger world, I missed her so much! And finally, about how much I loved to shoot in Lisbon's National Pantheon and how the colors in the pictures seem to blend in. 
After the holiday, today is already work day and I already have loads of things to work on, have a good friday and have a great weekend!
M.
 



quarta-feira, 25 de maio de 2016


//A minha rotina diária de pele para pessoas preguiçosas.
Alguns meses atrás decidi encarar o meu dia a dia seguindo os princípios minimalistas, até cheguei a escrever uma publicação sobre isso. Com esta ideia em mente, andava a tentar construir uma rotina de pele que combinasse com o meu tipo de pele seca/mista e que não fosse demasiado longa ou difícil de fazer todos os dias. A verdade é que sou preguiçosa e quero ter efeitos com o menor número de produtos e com poucos minutos investidos na minha pele.
Estes produtos da Kiehl's são a resposta a todos os meus sonhos. A espuma de limpeza Calendula Deep Cleansing Foaming Face Wash e o tónico Calendula Herbal-Extract complementam-se um ao outro e fazem parte da minha rotina de limpeza. São ambos feitos de extratos de calendula e por isso são naturais e muito suaves para a pele.
O creme Kiehl's Ultra Facial Cream já salvou a minha pele imensas vezes e é um dos meus produtos de beleza favoritos de sempre! Descobri-o quando estava em Londres e numa altura em que a minha pele parecia uma ameixa seca do frio de Janeiro a que não estava habituada. Depois disso, comecei a usá-lo frequentemente e agora faz parte da minha rotina diária e é o produto que recorro para aquele ar glowy e natural.
Como podem ver, normalmente uso 3 produtos como rotina, por vezes acrescento um peel biológico ou um creme de olhos, mas é basicamente isto. Desde que os uso que sinto a minha pele fresca e saudável todos os dias.

// My daily skincare routine for lazy people
Some months ago I decided to go minimal in my approach to my daily life, I even wrote a post about it. With this thought in mind I was trying to build a skincare routine that fitted my skin type (apparently is dry, although I always thought that was mixed) and that was not to long or to hard to do every single day. The truth is I'm a lazy girl and I want to get effects with the least number of products and with few minutes invested in my skin. 
These Kiehl's products are the answer to all my dreams. The Calendula Deep Cleansing Foaming Face Wash and the Calendula Herbal-Extract Toner complement each other and are part of my cleansing routine. They're both made from extracts from calendula, so they are natural, very soft and easy on the skin. 
Kiehl's Ultra Facial Cream as saved my face multiple times and it's one of my favourite beauty products ever! I discovered it when I was in London and my face was starting to look like a dry plum from the January cold I was not used to. From then, I started to use it frequently and now it's part of my daily routine and my go-to for that glowy natural look. 
As you can see, I normally use 3 products as my routine, sometimes I add an Biological Peel or an Eye Cream, but it's pretty much it. Since I'm using them I feel my skin fresh and healthy everyday. 

M.
 

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Fotografias Guilherme Marques
Photography Guilherme Marques

Estou de volta a Lisboa e com os looks diários. Arquitectura moderna, uma paleta preta e azul, sombras e reflexos. Este é um preview da publicação desta semana. Fiquem atentos e tenham uma boa semana!
//
I'm back in Lisbon and I'm back with my daily looks. Modern architecture, black and blue, shadows and reflections. This is the preview from the post from this week. Stay tuned and have a good week! 
M.
 



sexta-feira, 20 de maio de 2016


Recentemente comprei um par de Levi's 501 vintage que me servia perfeitamente por apenas 5 euros e fiquei extasiada com esta compra.
Como devem saber ao longo destes anos de blog, eu uso muitas peças vintage e adoro a emoção de procurar peças únicas em lojas vintage.
Assim, decidi que devia partilhar com vocês as minhas dicas para encontrarem e comprarem peças vintage.

1. Lojas vintage, segunda mão e mercados podem parecer um mundo novo, quase como se entrássemos em Narnia. Há imensa coisa, algumas valem a pena e outras não, algumas estão em perfeita condição enquanto outras tem rasgões e tem um cheiro esquisito. Temos que ser perseverantes na nossa procura, ver em todas as prateleiras e todas os cabides e não desistir até encontrarmos o que procuramos.
2. Nunca acreditem na etiqueta. O tamanho e o feitio das peças mudou imenso durante os anos, logo um 34 agora não é o mesmo 34 de há 40 anos atrás. Experimentem tudo, o tamanho e o corte pode ser diferente do que imaginavam no cabide e é sempre bom testar uma peça para decidirem se é perfeita para vocês.
3. A maior parte das vezes é bom terem uma lista de coisas que vão à procura. As lojas vintage têm imensas peças fantásticas de ótima qualidade que não usaríamos assim tanta vez mas que compramos na mesma porque são bonitas e únicas. Sejam racionais nas vossas compras.
4. Para os novatos, aconselho que comecem por procurar peças clássicas, como um vestido preto, um bom par de calças de ganga ou uma camisa única. Divirtam-se e vão ver que sem darem por isso já são prós em comprar peças vintage.
//
So I recently bought a perfectly fitted pair of Vintage 501 Levi's for 5 euros and I was overjoyed about it. As you must know, I wear a lot of vintage pieces and I love the thrill of hunting the perfect and unique vintage piece. 
Therefore, I decided that was time for me to share my top tips to find and buy vintage pieces. 

1. Vintage and Thrift stores can seem a whole new world, almost as if we were entering Narnia. There is a lot of stuff, somethings are worth it and others not so much, some are in perfect condition while others have holes and smell weird. You have to be perseverant in your search, look through all the racks and shelfs in the search for the piece you are looking for.
2. Never believe in the tag number. The fit and size of the clothing changed a lot during the years, so a 6 now is not a 6 in the 1940's. You always have to try what you are buying, the cuts and fit can be different then you imagined and it's always good to test out if it's perfect for you or not. 
3. Most of the times it is good to keep a list of things you are looking for. Vintage stores usually have loads of great pieces that sometimes are not our style but we buy them anyway because they're nice and unique. Be rational when buying. 
4. For the newbies, I would advise them to start by looking for classic items, a little black dress, a pair of really good jeans, a funky shirt. Just have fun and you will see that after a while you're already a pro. 
M.
 

domingo, 15 de maio de 2016



A moda é tanto uma reflexão e uma reação dos tempos em que vivemos. A verdade é que muitas vezes estamos a reviver tempos semelhantes aos nossos antepassados, pelo menos, é isso que as tendências revelam. 
Para mim, as tendências são um tema que me fascina. Como é que algo se torna uma tendência? Quanto tempo é que uma tendência dura? E porque é que estamos constantemente a reinterpretar tendências do passado? 
De momento, a grande tendência reinterpretada são os anos 70: calças à boca de sino, cortes de cabelo shaggy e casacos de camurça estiveram em todo o lado. 
Facto: As tendências são cíclicas e elas tem impacto na nossa vida, quer gostemos delas ou não. Elas estão em todas as lojas à nossa volta, por isso, mesmo que não notemos elas afectam a forma como nos vestimos todos os dias. 
Estou a escrever sobre tendências porque enquanto editava estas fotos pensei: há 4 anos atrás não usaria isto nem que me pagassem (isto na altura em que eu adorava usar saias e não tinha um par de calças de ganga decente).
Os sapatos granny são feios e as culottes esquisitas mas na minha mente influenciada pelas tendências são cool e giras.
E não é apenas essa a razão porque as uso mas porque nos anos recentes desenvolvi um gosto por peças confortáveis, deste modo, não há duvida que nunca mais usarei stilettos na minha vida (outra vez, as tendências e a sua influência social tem o poder de mudar mentes).
//
Fashion is both a reflection of and a reaction to the times we live in. The truth is that sometimes we are reliving similar times like our ancestors, at least that's what the trends say. 
Trends are a really fascinating theme for me. How does something become a trend? How long does a trend last? Why are we constantly reinterpreting trends from the past? 
Right now, the last trend that we reused was the 70s: bell bottoms, shaggy haircuts and suede jackets were everywhere. 
Fact: Trends are cyclical and they impact our lives whether we like them or not. They are in every store possible so even if we do not notice they affect the way we dress everyday. 
I'm talking about trends because I looked at these pictures and I thought: 4 years ago I wouldn't wear this even if someone payed me (that was the time when I loved to use skirts and I didn't own a good pair of jeans). Granny shoes are ugly and culottes are weird but on my trend influenced eyes they're cool and hip. 
Not only that, I think I developed a taste for comfy things so there is no way you're going to see me ever again with stilettos shoes (but then again, trends and their social influence have the power to change minds)

M.

 



segunda-feira, 9 de maio de 2016


Todas as fotografias: @mariagdgsousa
All pictures: @mariagdgsousa

Se me seguem no instagram já devem saber mas acabo de regressar de uma semana em Wroclaw, Polónia. Estive lá numas mini férias e a acompanhar a minha mãe numa viagem de trabalho.
Infelizmente, a minha Canon estava com um problema na lente (que está a ser resolvido enquanto falamos) e não consegui fotografar nada com ela, apenas com o meu telemóvel e é por isso que vos mostro as minhas fotos do instagram.
Mesmo que nos primeiros dias tivesse frio e vento, no final da semana o tempo mudou para solarengo e quente, o que foi perfeito para acompanhar o festival de jazz que estava a acontecer na cidade. 
Sabem o quanto gosto de viajar e, por isso, conhecer uma cultura tão diferente da minha foi um prazer. Wroclaw é uma cidade maravilhosa, mesmo que grande parte tenha sido destruída ao longo dos anos com as guerras, e os polacos são um povo muito simpático e acolhedor. Mal posso esperar para voltar!
//
Some of you may already know, but I've just returned from a week in Wroclaw, Poland. I went there as mini vacations and as the plus one of my mother's work trip. 
Unfortunately, my camera had a problem with the lenses (that is being fixed as we speak) and I couldn't shoot anything with it, only with my phone so that's why I'm showing you pictures from my instagram
Although the first few days were cold and windy, by the end of the week was already sunny and warm which was perfect to watch the jazz festival that was going on. 
You know how much I love to travel and to get to know a culture that is so different from mine was an absolute pleasure. I can't wait to go back!
M.
 


quinta-feira, 5 de maio de 2016


Fotografia Ricardo Sapeta
Photography Ricardo Sapeta

Olá! Acho que vos devo um enorme pedido de desculpas pela minha ausência. A verdade é que o último mês foi caótico, entre muitas viagens, fazer e desfazer malas não consegui ter tempo para editar e publicar novas fotos e assim o blog ficou em pausa durante 1 semana. 
Agora já estou em Portugal, não é por isso que os meus dias tem sido mais calmos, já tenho novos projectos para criar e por isso ainda estou um bocado desorganizada. 
Claro que, agora que voltei, é altura de contar todas as novidades e relatar os meus 6 meses em Londres aos amigos e conhecidos. Uma das coisas que mais me perguntam é: O que é que gostaste mais em Londres? 
Esta publicação é a resposta a essa pergunta. O que gostei mais foi, sem dúvida, o espírito londrino, o espírito jovem, artístico e destemido. Os londrinos são pessoas que gostam de experimentar novas coisas, estão sempre à procura do novo mercado de rua ou do restaurante mais in. Isto reflete-se na forma como se vestem e comportam, ou seja, da forma que eles quiserem sem ligarem à opinião dos outros. 
Sendo eu da área da moda, gostei imenso do papel que a moda tem no dia a dia de cada um e na cidade em geral. É uma das grandes influências que torna Londres uma cidade tão interessante.  
Estas fotografias são de um domingo no mercado das flores em Columbia Road, espero que gostem!
\\
Hello! I think I owe you a big apologize for my absence here in the blog. The truth is that the last month was chaotic, I was never in the same place, always flying here and there and I couldn't find time to edit and publish new pictures. 
Now I'm back in Portugal, though my days are as busy as one week ago. 
My friends and colleagues are always asking me about my months in London and one of the questions they love to ask is: What did you like more in London? 
This publication is the answer to this question. What I love about London is its young, artistic and fearless spirit. Londoners are always searching for the new It thing, the newest street market or the new In restaurant. This is the way they think and that reflects in the way they dress and behave, which is as they like and never caring for other people's opinion. 
Being from a fashion area I was always fascinated by the role fashion has in people's lives and in the city in general. This is one of the big influences that makes London such an interesting city. 
These pictures are from a sunday morning in the Columbia Flower Market, hope you like it!

M.